terça-feira, 1 de setembro de 2009

Operação Pandemia

Idéia para um jogo de investigação ou espionagem.
A trama por trás dos fatos é uma estratégia para vender medicamentos como se fossem cerveja.
Uma indústria farmacêutica fecha acordo com o governo de vários países para fornecer quase que de graça um novo medicamento contra a gripe.
A motivação para tal nobre ato, dizem ser, uma campanha de publicidade humanitária da companhia.
Tal medicamento é mais eficiente do que os atuais por não causar nenhum efeito colateral quando é ingerido, e evita a mais simples evidência de gripe durante o seu período de efeito.
Essa indústria vai gastar muito com isso, não só por vender tal medicamento a preço de custo como também pagando nos bastidores para que alguns países aceitem tal ajuda, sempre alegando que se trata de uma campanha publicitária.
Com o passar do tempo, o inevitável ocorre: o vírus da gripe, circulando pelos países que não participaram de tal imunização, sofre mutações evolutivas, e atinge um ponto em que o medicamento "humanitário" não é eficiente.
E não é só isso, o novo vírus é capaz até de matar quem foi imunizado; alguns anos de evolução de um vírus são extremamente agressivos contra um organismo preguiçoso.
Neste ponto surge uma nova empresa com um novo e caro medicamento, que é o único capaz de salvar tais pessoas.
A empresa farmacêutica é nova, mas os acionistas são os mesmos da tal empresa "humanitária", que recebe vários processos e simplesmente decreta falência sem pagar nada para ninguém.
Existem várias possibilidades de campanha sobre esse tema:
- Os jogadores estão investigando assassinatos de milionários, e podem descobrir que tais milionários são os acionistas da tal empresa farmacêutica, que estão sendo assassinados por mercenários a mando de algum outro milionário que perdeu seus familiares por conta do efeito devastador da tal gripe e descobriu a trama.
- Os jogadores fazem parte de um grupo científico que descobre o perigo da distribuição do medicamento imunizante, e ao divulgar tais descobertas, começam a receber ameaças misteriosas.
- Os personagens perderam familiares por conta do efeito de tal gripe, percebem que tem algo mal contado, e querem vingança.

O quê?
Acha forçada demais essa trama?
Não acredita que uma empresa que produz medicamentos pode ser vilã numa história realista?
Ah, vá... Já assistiu seu episódio de Teletubbies hoje?

Um comentário: