segunda-feira, 22 de fevereiro de 2010

IRPGCast 43: Avatar e a criação de mundos - Comentários dos comentários

Dicas retiradas do filme "Avatar" para a criação de cenários de RPG.
E por conta de algumas desinformações geradas pelo IRPGCast anterior, uma edição emergencial do "Comentários dos comentários" para esclarecer toda esta situação.



Apoio cultural de "Terras de Shiang", um inovador cenário de RPG com download gratuíto da sua versão 1.0 no site oficial.






O escritor do cenário "Terras de Shiang" não se responsabiliza pelas opiniões expressadas pelos participantes do IRPGCast.
Em caso de dúvida, um médico deve ser consultado.

segunda-feira, 15 de fevereiro de 2010

Enquete 15/02/2010

Para uma análise psico-social de nosso público, pedimos a todos que respondam a enquete ao lado, na coluna da direita.

Em todos os vídeos a seguir, algo interfere no ambiente e uma atitude é tomada.
Qual a sua opinião com relação à essa atitude tomada contra a interferência no ambiente?

Vídeo 01:


Vídeo 02:


Vídeo 03:


Apenas uma resposta pode ser marcada como correta.
Responda à enquete 15/02/2010 e colabore com o planejamento de conteúdo do site.

segunda-feira, 8 de fevereiro de 2010

IRPGCast 42: D&D4 e uma Grande Atração

Um debate esclarecedor sobre os principais avanços do D&D4, com consultoria técnica do podcast "Rolando 20".



Incentivo Cultural:











Rolou uma Falha Crítica?
Matou o NPC que iria dar a quest?
Mandou o rei calar a boca dentro do castelo deste rei?
Só viu que tinha arma com silenciador na ficha depois que matou o vigia da base com uma metralhadora?

Use Neve.

sexta-feira, 5 de fevereiro de 2010

Profetas da multidão.

Que raiva/medo que eu tenho disso...
Já aconteceu com vocês? Andando pela cidade, centro da cidade, com muitas pessoas na calçada, nada de ameaçador ou místico nos arredores (estou falando do mundo real), de repente, alguém surge na sua frente e fala algo.
Uma senhora carregando compras lhe diz "Deus reserva uma grande obra em sua vida", ou então, um andarilho maltrapilho sussura com expressão de terror "Cuidado com o boi!!! Tem cuidado com o boi!!!"; e antes de escutarem sua resposta para tal afirmação, eles se afastam e somem na multidão.
No mundo real, mesmo sabendo que deve ser algum tipo de entusiasta ou maluco, você fica intrigado por alguns minutos.

MAS, imagine essa cena no mundo de jogo.
Por mais que o mestre-de-jogo diga que "foi só uma ceninha boba que ele criou para fazer uma graça no jogo", o jogador vai, por umas 2 sessões de jogo, ficar pensando "Por quê será que ele fez aquela cena... Será que tem relação com aquela missão que a gente não aceitou?".

É mais divertido do que falha crítica!

segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010

Diferentes conceitos de "certo" e "errado"

Não é necessariamente uma idéia para jogo, mas é uma dica para se tentar evitar desentendimentos na mesa de jogo.
Nem sempre um mestre e um jogador tem o mesmo conceito sobre reações de personagens ou efeitos de algumas ações.
RPG, mais do que um jogo, é uma simulação de mundo, e é só assistir qualquer telejornal para perceber que nem todos tem a mesma opinião, aliás, alguns tem opiniões bem esquisitas.

O mestre-de-jogo acha que uma tempestade seria motivo para que o grupo de jogadores busque abrigo em um casarão abandonado, mas os jogadores acham muito mais prático, ao perceber a temptestade se aproximando, voltar para a cidade e pagar uma hospedagem.
Um jogador pode achar uma oferta irrecusável oferecer dinheiro para um guarda liberar a passagem de alguns produtos pela cadeia, ainda mais ameaçando a família dele caso ele se negue; já o mestre, pode achar que guardas nunca aceitam qualquer tipo de ameaça ou suborno, independente da situação.
O mestre-de-jogo coloca um esqueleto esmagado no corredor do calabouço como um sinal claro de perigo à frente, mas os jogadores acham que esqueletos apenas fazer parte da decoração do local.

Olhem um caso onde diferentes conceitos podem gerar sérios problemas:



A solução para isso é... bom, se a humanidade ainda não chegou em um acordo com esses milhares de anos nas costas, não vai ser nesse site de RPG que será feito esse milagre.
Apenas sejam compreensivos quando isso ocorrer em suas mesas de jogo e tentem entrar em um meio termo para não estragar a campanha.
O mestre-de-jogo e os jogadores, ao perceberem que um desacordo de opiniões está ocorrendo, podem apenas dar uma paralisada na cena e negociar uma solução rápida para resolver a situação sem desfechos drásticos, como uma rolagem de dados para o personagem poder perceber tal elemento antes de agir, ou então, a troca da cena por outra situação que seja de comum acordo para todos; e jogo pra frente.