sexta-feira, 29 de julho de 2011

Fora Superman!

Como fazer um filme de uma Super Equipe com o SuperMan presente?
Assim como em um jogo de RPG, que sentido faz deixar que um jogador controle um personagem de nível 30 enquanto os outros jogadores são apenas nível 3.
Em um jogo que tivesse algum desafio para os personagens nível 3, o jogador com o nível 30 teria que ser extremamente burro para não resolver todo o desafio em menos do que 5 minutos.
Já em um jogo desafiante para o personagem nível 30, o maior problema seria evitar que os nível 3 morressem nos primeiros 5 minutos da história.

A Marvel vai arriscar fazer um filme com meia dúzia de cidadãos fantasiados e um alienígena considerado uma divindade, tamanho é o seu poder.
Com o Thor presente, faz alguma diferença um rojão do homem de ferro? Ou uma escudada do Capitão América?
Ou será que vão colocar o mimadão de Asgard de castigo novamente para que os outros personagens façam alguma coisa antes dele pedir diculpa po papai e recuperar seus brinquedinhos?

A DC está aguardando a solução da Marvel para seus "Vingadores" para saber que enganação ele podem fazer com o Superman para que saia o filme da "Liga da Justiça", enquanto isso, já estão fazendo audições para tentar achar um substituto para o foderoso filho de krypton:




4 comentários:

  1. De boa amigo,

    se você realmente acredita nisso gostaria de sugerir três coisas:
    1) Assista o desenho dos supremos ou qualquer episódio do novo desenho dos vingadores.
    2) Leia qualquer quadrinho da Marvel com os vingadores... algo como a saga em Asgard, ou a Vingança dos Olimpianos.
    3) Vá jogar Mutantes e Malfeitores.

    ResponderExcluir
  2. Aí é que está...
    Quadrinhos mensais de superherois estão muito infantilizados ultimamente.
    Na mídia quadrinhos, um argumento bobo pode até passar, mas na mídia cinema, fica complicado tratar com seriedade um asgardiano guerreiro que, em uma semana, fica tão humilde que baixa as calças para um robozão gigante sem optar por morrer lutando.

    ResponderExcluir
  3. Na boa Roj... não tem nada de infantil em duas das três sugestões que eu passei. Repito: assista os SUPREMOS (1 e 2) ou leia os quadrinhos que eu mencionei - eles são razoavelmente antigos.
    Não digo nada da terceira por que precisa de um mestre e de um bando de jogadores para não ser infantil.
    Se vc ainda não acha que existe espaço para vários personagens de níveis de poder diferentes numa mesma história que flui com "jeito" eu sugiro que vc leia Batman: o cavaleiro das trevas. O roteiro é muito bom, de Frank Miller. Outra que vc deveria ler é Tormento e Triunfo (com o Dr. Destino).
    Uma coisa que eu aprendi na Marvel é que tem sempre alguém maior do que vc para bater.

    ResponderExcluir
  4. Cavaleiro das Trevas (de Frank Miller) é uma exata prova do que eu falei: Se o SuperHomem não fosse tão babaca, em dois, aliás, em apenas um voo em supervelocidade ele acabava com aquela peleja com o Bátima.
    Essa de sempre ter alguém maior para bater eu aprendi com Dragon Ball também.
    Outra coisa que eu aprendi com a Marvel é que quando as vendas vão mal, algum superheroi morre. E quando as vendas voltam a cair de novo este mesmo superheroi volta.

    Estou baixand... pegando na locadora a animação dos "Supremos". É a mesma história das HQs Ultimate?

    ResponderExcluir