quarta-feira, 4 de julho de 2012

Aranha de Neve e os Mitos Modernos

que nome horrível de post... acho que foi o pior que eu já inventei...
Recentemente, apareceram nos cinemas 2 filmes da Branca de Neve.

Quem esperava apenas uma versão com atores do clássico da Disney deve ter estranhado. Não necessariamente se decepcionou, mas estranhou.
Um dos filmes parecia uma comédia romantica de fantasia medieval, o outro parece uma mistura de Branca de Neve com Senhor dos Anéis e Game of Thrones.

E agora, para o receio de alguns e a expectativa de poucos, dia 06/07/2012 vai estrear nos cinemas "O Espetacular Homem-Aranha", que NÃO é uma continuação do Homem-Aranha 3, e sim, um reinício da história do personagem, com ator diferente, passado diferente, lançador de teia diferente, namorada diferente e novas piadas.



E isso não é novidade e nem exclusividade dos cinemas.
Super-Heróis de histórias em quadrinhos tiveram suas histórias reiniciadas várias vezes. A cada década acontece algum balaio cósmico e todos eles recomeçam toda a sua escalada contra o crime.
60 anos depois de sua origem, o SuperHomem voltou a NÃO conseguir voar, assim como não conseguia em suas primeiras histórias na década de 40 (ele se deslocava rapidamente por meio de super saltos).
Todos os feitos dos personagens são "apagados" e eles recomeçam suas jornadas, muitas vezes, percorrendo os mesmos caminhos, com apenas alguns atalhos ou obstáculos de diferença.

Isso é um Mito.
Um personagem tão forte que supera a sua própria história. Um personagem que é tão fascinante que vários contadores de histórias o convidam para uma participação em suas histórias. Um personagem tão marcante que consegue enfrentar a morte e ganhar do tempo, tornando-se perpétuo enquanto seu público continuar falando o seu nome.

Será que, 200 anos no futuro, serão estudados os personagens das mitologias em quadrinhos?


Nenhum comentário:

Postar um comentário