segunda-feira, 28 de janeiro de 2013

A Reciclada do Herói

Você já ouviu falar da "Jornada do Herói"? Joseph Campbell foi um estudioso de mitos que, no seu livro "O Herói de Mil Faces", identificou momentos que se repetem nas histórias de heróis mitológicos de várias civilizações.
É impressionante como essa estrutura pode ser reconhecida na maioria dos filmes, livros e até mesmo na sua mesa de RPG.
Conhecer essas etapas pode ser uma oportunidade para organizar os eventos previstos para a sua aventura e transformar sua sessão de jogo em uma história épica.
O ser humano é um bicho tonto mesmo... Por mais que reclame de plágio, de falta de originalidade e tudo o mais, esse bicho se sente incomodado quando esses fatos não se repetem em uma história. Quanto mais esses elementos se repetem, mais a turma acha legal a história.

Nem sempre ocorrem todas as etapas numa história, e a ordem dos fatores também pode variar.
Seria interessante você pesquisar e ler cada uma dessas fases, mas como eu conheço o público desse site, táqui um vídeo explicando cada uma dessas fases:
Procura que tem legenda em português.


A parte mais complicada de se fazer na mesa de jogo é a Ressurreição. É um evento que acontece depois do clímax da história, quando você acha que o vilão já tinha sido derrotado, e envolve elementos que deixam o final da história no limite entre algo sensacional ou muito forçado.
É uma ameaça ainda maior do que o vilão principal, pode até mesmo ser o próprio retornando do fundo do poço, mas com a força do ódio mortal, querendo matar o protagonista sem se preocupar com consequências, e uma rolagem de dados errada pode acabar de vez com a história.


Nenhum comentário:

Postar um comentário