quinta-feira, 9 de maio de 2013

Como ficar milionário em 7 passos

Tudo o que você precisa é da carteira de identidade de um avô seu que não teve conta no Banco Bradesco, a certidão de casamento dos seus pais, uma mochila reforçada e uma passagem de ônibus (e alguns trocados para o metrô).

Primeiramente, você deve pensar em uma senha e contra-senha que seu avô poderia utilizar (por exemplo: senha = "rato na tulha", contra-senha = "ratoeira"), e utilize a passagem de ônibus para chegar na agência do Bradesco na avenida Brigadeiro Faria Lima, em São Paulo (aquela grande, que fica perto da avenida Paulista).

Em horário comercial, converse com o gerente, apresente os documentos citados anteriormente (e os seus também) e diga que pretende resgatar um "Título de Poupança Familiar" em nome do seu avô. Caso o gerente diga que tal serviço não exista, insista e diga que essa conta foi aberta no ano de 1953, que ele deve procurar no arquivo físico (esse tipo de conta não foi inserido no sistema digital).
Uma vez localizado o arquivo, será pesquisado o CIC da conta com as reservas do banco, o que confirmará uma poupança de aproximadamente R$ 250.000,00.
O gerente, então, lhe apresentará uma lista com 5 perguntas, retiradas da própria ficha de poupança familiar do seu avô que ele resgatou do arquivo físico. Uma dessas perguntas será aquela que você imaginou como sendo a senha. Você deverá então responder com a contra-senha.
Uma vez liberado esse dinheiro, você deverá abrir uma conta-poupança no mesmo banco (caso você já tenha uma conta no Bradesco, não utilize a mesma, abra uma nova), apenas no seu nome, e deposite esse valor lá.
Em seguida, vá até o estacionamento que fica no terreno ao lado do banco, e vá até a vaga que fica perto da escada. Chegando lá, marque o dia e a hora exata em que chegou nesse local (inclusive os minutos), e utilize a máquina do tempo que estará no local para avançar até o ano de 2163.
Lá chegando, dirija-se até o banco que está ao lado do estacionamento, mas que agora tem o nome de "BradesCorp", e dirija-se ao caixa (não tente utilizar as máquinas-caixa), procure um caixa humano no interior da agência. Diga que você quer atualizar o seu token de poupança. O caixa pedirá uma raspagem de pele para comparação de DNA e em seguida autorizará a inserção do microchip no seu polegar (será um procedimento levemente dolorido, porém seguro, basta enviar o polegar no inseridor de microchips).
Com o token atualizado, vá até uma pan-house e utilize uma tela para contratar o serviço de uma agência de seguranças (a tela funciona praticamente como um tablet, e serviços de seguranças poderão ser facilmente contratados após uma rápida pesquisa no Google.
Contrate 6 seguranças armados com 2 veículos pelo período de uma hora. Vai sair caro, mas você estará com milhões na conta, pode conferir consultando sua conta BradesCorp na própria tela.
Assim que os seguranças chegarem, vá até a Casa de Câmbio do Partido dos Trabalhadores, na Avenida Paulista, e retire todo o seu saldo da poupança BradesCorp em barras de ouro.
Os atendentes da Casa de Câmbio tentarão te vender vários serviços da empresa enquanto as barras são liberadas, não aceite nenhum, diga que você é Testemunha de Jeová; isso agilizará o processo.
Coloque todas as barras de ouro na mochila reforçada, entre em um dos carros dos seguranças, proteja-se e aguarde enquanto eles matam os assaltantes no caminho de volta até o estacionamento ao lado do BradesCorp (sempre ocorrem assaltos quando alguém sai com grandes valores da Casa de Câmbio do Partido dos Trabalhadores).
Dispense os seguranças e utilize a máquina do tempo para ir até o ano de 1953. Você chegará em uma praça que fica ao lado do Banco Brasileiro de Descontos (antigo nome do Bradesco).
Fale com o gerente e diga que quer depositar dez gramas de ouro em uma conta de poupança familiar. Utilize os documentos do seu avô para abrir a conta, entregue uma barra de ouro para que seja feita a raspagem e a pesagem do depósito.
Preste atenção na pesagem, certifique-se de que apenas 10 gramas foram raspados.
O gerente perguntará qual senha e contra-senha você deseja registrar na conta, diga aquelas que você tinha imaginado, e informe ao gerente que você não deseja receber correspondência sobre essa conta.
Feito o depósito, volte para a praça, ignore o olhar das pessoas por causa de seus trajes, não converse com ninguém, mesmo que seja insistentemente interpelado por uma senhora gorda carregando um embrulho.
Utilize a máquina do tempo para voltar exatamente um minuto antes do horário em que você marcou sua primeira viagem no tempo.
Chegando no estacionamento ao lado do Bradesco, deixe a máquina do tempo lá e SAIA IMEDIATAMENTE PELA ESCADA, não saia pela entrada do estacionamento para evitar o paradoxo de se encontrar consigo mesmo.

 

É por isso que eu nem tento colocar viagens no tempo nos meus jogos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário