Postagens

Como usar um fenômeno psicológico em um CardGame

Imagem
Na época, eu estava buscando uma alternativa mais interessante para o UNO.
O sucesso do UNO se deve, basicamente, a uma mecânica muito simples de combinação (cores e números) e algumas cartas de efeito para quebrar a monotonia do jogo.
Por ser um jogo que envolve muito mais sorte do que parece, eu não tinha muito interesse em participar da brincadeira.

Assistindo um documentário (provavelmente num episódio do “Brain Games”), eu ví aquele “bug” causado no cérebro quando você vê o nome de uma cor escrito em outra cor.






Esse atraso no tempo de reação do cérebro diante desse conflito de informações foi divulgado pelo psicólogo estadunidense John Ridley Stroop, em 1935 no artigo “Estudos de Interferência em Reações Verbais em Série”.

Neste estudo, Stroop apresentou aos participantes do experimento três variações das mesmas informações sobre cores. Em um, as cores estavam escritas em preto, no outro, estavam escritas em cores diferentes da cor escrita, e no outro, eram apresentados quadrados com …

Você pode estar jogando Hnefatafl errado

Imagem
Meu primeiro contato com o Hnefatafl foi em um evento de divulgação de jogos de tabuleiro no SESC de Catanduva, há algumas décadas atrás. Pela característica das peças, acredito que a Mitra Jogos pode ter tido alguma relação com aquele evento. Não tão recentemente assim, vi os filhos de Ragnar desafiarem os nobres forasteiros para uma disputa de Hnefatafl no seriado “Vikings”. Deu vontade de jogar de novo, e eu fui atrás de mais informações sobre o jogo para montar meu tabuleiro. Na época, eu já havia desenvolvido vários cardgames, e esse seria um jogo com a necessidade de tabuleiro. As peças não seriam problema, em mercados locais eu tinha acesso a contas de vidro que cumpriam muito bem essa função, porém, o material do tabuleiro ainda demandava alguma pesquisa. Em conversa com a Digitale, a gráfica de Catanduva que produz grande parte dos meus jogos, foi-me apresentada a possibilidade de impressão em lona, uma solução mais barata e mais eficiente do que experimentos ante…

Diário de GameDesign

Imagem
Já faz um bom tempo que não apareço. Aproveitando que muita coisa mudou nesse meio tempo, vou mudar o propósito do blog também. Nesse espaço, irei falar sobre as motivações e estratégias que eu utilizo em minhas criações. E por falar em motivações, vou começar essa nova fase com um momento marcante em minha vida, que pode ter sido determinante para o direcionamento criativo que tenho até hoje.
Ainda no começo de minha carreira como professor, em uma conversa com alunos pouco antes das férias, eu perguntei o que eles fariam neste tempo livre, e um deles respondeu: “vou ficar com a galera, conversando na calçada”.
Nesse momento, eu fiquei inconformado com a falta de opção de lazer dos jovens. Vale lembrar que foi numa época antes dos smartfones.
Mesmo tendo o futebol no campinho e as pipas, os meus alunos passavam a maior parte do tempo sem ter o que fazer, apenas conversando na calçada.
Como alternativa de lazer, eu contei para eles do RPG, mas não tive oportunidade de dar mais detalhes sob…

Rise of the Planet of the Dogs

Imagem
Tem como não torcer pelos cachorros?

Kinder Ovo levanta ações da Petrobrás.

Imagem
Uma ação em conjunta da Ferrero com o Ministério da Fazenda Brasileiro começa a recuperar a Petrobrás.
Na sexta passada, o ministro Joaquim Levy autorizou a negociação direta entre a estatal e a fabricante do famoso "mini ovo de páscoa".
A partir do próximo mês, cada kinder ovo trará uma ação da Petrobrás como surpresa. Além da função didática de inserir crianças na prática da especulação financeira, a grande quantidade de ações compradas pela Ferrero já começa a levantar o valor dos papéis na Bolsa de Valores.
E o engajamento da ação vai além das simples ações. Uma quantidade limitada de ovos trará cargos na gerência da Petrobrás que poderão ser ocupados temporariamente pela criança. Ela nem precisará fazer nada, só precisará assinar algumas autorizações. Pode assinar até com desenhos.

Solução do mistério dos protestantes que não eram da elite branca

Imagem
Uma imagem intrigou as redes sociais no último final de semana. No meio de imagens de protestos realizados por uma elite branca, essa foto foi divulgada e levantou várias dúvidas:
Tais imagens não fazem sentido algum, afinal, os indivíduos que aparecem carregando esses cartazes de orientação ultra-direitista não parecem ser membros da distinta elite branca brasileira, aliás, um deles com certeza não é da elite "branca".
Seria isso uma farsa? Estariam essas pessoas sob influência de R$30,00 e um pão com mortadela?

Depois de muita polêmica, finalmente surge uma explicação, vinda da inteligente dedução do líder do PT na Câmara, Sibá Machado.
Ele públicou em sua página do FaceBook o seguinte estudo: "Suspeita: Que a CIA esteja coordenando a Campanha pelo enfraquecimento dos governos da América do Sul 'não alinhados', tal como fizeram para instalar as Ditaduras Militar nos anos 60. A 'Orquestra é completa'!
Essa conclusão faz todo o sentido, afinal, como pode…

Tom Clancy e o "Joystick do Prazer"

Imagem
Infelizmente, só comecei a ler em 2014 alguma obra de Tom Clancy.

Antes disso, o mais próximo que cheguei dele foi o filme "Caçada ao Outubro Vermelho" baseado em seu livro de mesmo nome.
Só recentemente, ouvindo um podcast, fiquei sabendo do regaço que esse filme causou no meio militar, pois alguns civis nerds de tecnologia militar ouviram um figurante da tripulação do submarino utilizando um termo técnico no plano de fundo, aquelas falas utilizadas apenas para ilustrar a cena, e conseguiram concluir qual era a tecnologia secreta que os militares estavam utilizando na época em seus submarinos.
Ainda mais impressionante é o fato de que Tom Clancy também era (morreu em 2014) apenas um nerd, que chegava a conclusões impressionantes cruzando informações públicas sobre vários assuntos.

No livro "Jogos de Estado", uma das personagens está trabalhando em uma empresa de tecnologia que está desenvolvendo mapas interativos, onde o viajante pode entrar com o local de partida…