quarta-feira, 18 de maio de 2011

Filme para menininhas... acho que não...

A sinopse de Perfect Blue dá a impressão de que é a história de uma estrela pop sendo perseguida por um fã doentio.
Dá até para prever o final.

O fato do filme ser um "desenho animado" colabora muito para essa impressão.
Porém, esse é um filme que dá vários nós na linha de raciocínio do seu público.
O que parece ser um filme de menininha acaba se tornando um filme tenso, cheio de interferências psicológicas em sua narrativa.
Uma excelente maneira de mostrar como alguns truques narrativos podem realmente deixar um jogador tão confuso quanto o seu personagem em uma situação desgastante.
E ao contrário de "Evangelion" ou "David Lynch", onde alguns delírios ficam em aberto com cada um deduzindo o que quiser da história, o final do filme amarra de maneira eletrizante a história.
O diretor de um filme de sucesso no Oscar deste ano até comprou os direitos desse filme, mas reproduziu apenas uma cena do anime em um filme seu. Dificilmente algum remake conseguirá superar a qualidade deste original.

Nenhum comentário:

Postar um comentário