sábado, 18 de fevereiro de 2012

Preconceito contra o progresso.

A ignorância oportunista brasileira deu um descanso para o RPG, o alvo agora são os videogames.

Um senadorValdir Raupp, além de viajar bastante com dinheiro público, de dar rumo desconhecido para verba de empréstimo do Banco Mundial, de se utilizar de procedimentos irregulares em campanha eleitoral, decidiu aparecer na fita fazendo emenda em uma lei que proibirá, se aprovada, a fabricação/venda de quaisquer games que, arbritariamente, serem julgados "politicamente incorretos".




Uma das indústrias mais lucrativas do mundo, mais lucrativa até do que a do cinema, que é capaz de gerar riqueza real a partir de produtos virtuais, que poderia ser o emprego e a carreira de vários jovens que estão entrando no mercado de trabalho, está sendo tratada desta maneira no Brasil.
Parabéns indiaiada de Rondônia pelo senador que vocês elegeram.

Um comentário:

  1. Preconceito no cu dos outros é refresco, né?

    Indiaiada é meu pau de óculos rayban...

    Marcelo

    ResponderExcluir