sábado, 11 de maio de 2013

Baralho Narrativo: O Nobre, o Mago e o Fantasma

O Baralho Narrativo é uma ferramenta didática criada com a função de incentivar a produção de textos narrativos no ensino fundamental e médio.
Recentemente, começaram experimentos para a utilização do "Baralho Narrativo: Medieval Fantástico" para a criação de aventuras instantâneas para RPG.
A mecânica é simples: São sacadas 3 cartas para cada uma das categorias do Baralho Narrativo, e é escolhida uma opção de cada uma delas, a não ser para os personagens, onde deverá ser mantida uma carta para cada jogador previsto para a aventura.
É necessária muita imaginação para amarrar todos os elementos, mas o resultado é interessante. Confira essa primeira experiência, criada pelo Iago:


Heróis:  fantasma,nobre,mago

Aliado:  nobre
Vilão:  ladrão
Aventura:  libertar local
Local:  montanha
Destaque:  presente
Evento:  +1 personagem

    Um templo antigo e misterioso, que ficava escondido em uma montanha, e que estava sendo habitado por clérigos que estavam La para desvendar seus segredos e descobrir um grande poder, foi invadido por um grupo de ladrões que queriam roubar este poder. Todos os clérigos foram capturados, mas um mago que estava La conseguiu fugir, e foi direto em direção a um castelo onde havia um nobre que poderia ajudá-lo a libertar este templo, mas antes de chegar a este castelo ele passa por uma vila que tinha sido atacada há pouco tempo, querendo saber o que aconteceu, o mago ressuscita o fantasma de um dos habitantes desta vila, que lhe conta que os que atacaram foi um grupo de ladrões e bandidos, e o mago percebe que é o mesmo grupo que atacou o templo e conta isto ao fantasma, que pede ao mago para deixar ele ficar no mundo dos vivos para ele ter uma vingança aos seus assassinos, o mago permite, mas o conta que ele não poderá abusar de seus poderes, senão sua forma física vai se enfraquecer e ele voltará ao mundo dos mortos.depois disso os dois viajam até o castelo onde encontram um nobre que não está muito a fim de ajudar o mago, mas depois que escuta o mago dizer que uma parte das riquezas que estão no templo poderiam ser dele, ele muda de idéia. Antes de sair do castelo, o chefe da guarda que vai fazer a proteção do nobre nesta viajem manda um mensageiro a outro nobre, pedindo ajuda e os três heróis mais uns seis soldados saem em direção ao templo, mas alguns problemas surgem no meio do caminho, como um grupo de orcs que os encontrou pelo caminho, trazendo a morte de alguns soldados.
    Chegando ao destino,  eles descobrem que o templo esta sendo bem protegido pelos ladrões, e que vai ser necessário entrar por uma passagem secreta, mas isso não será possível pois os inimigos iriam descobri-los,é ai que o chefe da guarda tem a idéia de distrair os ladrões para que eles possam entrar facilmente e que os reforços do outro nobre apareçam. Entrando no templo eles se encontram em um tipo de labirinto com várias salas que guardam tesouros, armadilhas e grupos de bandidos explorando o local, e em uma dessas salas eles descobrem um espírito ancião que despertou devido a presença de pessoas que estavam tumultuando seu templo e que lhes diz que ajudaria a derrotar esses invasores contanto que eles demonstrassem um sentimento puro diante de seu altar, e se eles fizessem isso, receberiam um grande poder.depois disto eles escutam uma barulheira  fora do templo e percebem que a ajuda chegou e que agora eles teriam que lutar para libertar o templo e para conseguir vingança contra o líder dos ladrões.


Para facilitar ainda mais esse improviso, é recomendada a utilização do LilOps, que apresenta regras fáceis e com criação instantânea de personagens.




Nenhum comentário:

Postar um comentário